Blog

Publicado em 01/08/2014

Google abandona suporte a Internet Explorer 7 e outros navegadores antigos

Google abandona suporte a Internet Explorer 7 e outros navegadores antigos

Manter um bom serviço baseado na web é difícil quando estamos falando de tecnologia de navegadores. O problema praticamente não existe aqui no TB porque os leitores são majoritariamente entendidos da tecnologia, que mantêm seus softwares atualizados. Com o Google o buraco é mais embaixo. Nessa semana, a empresa anunciou uma política para suportar versões de navegadores.

A partir de 1º de agosto, o Google abandona o suporte a Internet Explorer 7, Firefox 3.5 e Safari 3 (o Opera não foi citado no comunicado), bem como versões anteriores desses aplicativos. A intenção da empresa é dar suporte à versão mais atual dos navegadores, assim como o segundo grande lançamento mais recente. A partir da terceira grande versão lançada (em ordem cronológica inversa), não há garantias de que os recursos dos serviços irão funcionar.

Essa decisão do Google vem em boa hora. Conforme a web amadurece como plataforma para desenvolvimento de soluções de tecnologia completas, as empresas que atuam nesse mercado precisam definir até que ponto o software antigo será suportado. Outros gigantes da web, como Microsoft e Yahoo, deveriam fazer o mesmo.

Clique aqui para saber mais.

Publicado em 30/07/2014

Comércio eletrônico cresce 26% no primeiro semestre de 2014

Comércio eletrônico cresce 26% no primeiro semestre de 2014

A E-bit divulgou hoje relatório que mostra que o comércio eletrônico brasileiro registrou um faturamento de R$ 16 bilhões no primeiro semestre de 2014. Isso aponta um crescimento de 26% com relação ao mesmo período em 2013.

Talvez o momento das startups de e-commerce seja o melhor. O relatório estima que até o final de 2014, a receita do setor chegue aos R$ 35 bilhões, um resultado que será 21% superior ao registrado em 2013, alcançando 104 milhões de pedidos.

Clique aqui para ler mais.

Publicado em 28/07/2014

Próxima missão do Google: estudar a fundo o corpo humano para prevenir doenças graves

Próxima missão do Google: estudar a fundo o corpo humano para prevenir doenças graves

O Google X, aquele laboratório da turma de Mountain View que tem em seu histórico projetos como o Google Glass, deu início a uma das suas pesquisas mais ousadas: mapear detalhadamente as características do corpo humano para prevenir doenças potencialmente graves e ter uma ideia mais clara de como uma pessoa saudável deve ser.

A informação vem do The Wall Street Journal, que explica que o projeto foi batizado de Baseline Study e já conta com uma equipe de aproximadamente 100 profissionais, estando entre eles bioquímicos, fisiologistas, especialistas em biologia molecular e assim por diante.

Leia mais em Tecnoblog.

Publicado em 30/06/2014

Orkut vai encerrar as atividades em 30 de setembro

Orkut vai encerrar as atividades em 30 de setembro

Ok, provavelmente você não conhece mais ninguém que use o Orkut. A maior rede social do Brasil até pouco tempo atrás será descontinuada. A partir de 30 de setembro, o site como conhecemos hoje deixará de existir. Qualquer tipo de atividade, postagem ou testemunhos, não poderá mais ser feito. As informações foram confirmadas ao Tecnoblog pelo Google brasileiro.

Confira mais em Tecnoblog.

Publicado em 03/06/2014

Maior segurança para os usuários

Maior segurança para os usuários

Mais uma grande novidade para os usuários do site de Compras Coletivas do Meu Barato:

Agora todos os acessos ao site https://www.meubarato.com/ trafegam com conexão segura. Além da segurança fornecida há muito tempo pelo PagSeguro, o Meu Barato também investiu na melhoria de seu acesso, agora possuindo a mesma criptografia de dados utilizados pelos Internet Bakings e lojas virtuais!

Publicado em 20/05/2014

Burn presente na semana Tecnológica do SENAI

Burn presente na semana Tecnológica do SENAI

Nosso diretor de desenvolvimento Lucas Ferreira, ministrou uma brilhante palestra na tarde do dia 20 de Maio, para os alunos do SENAI Criciúma.

Publicado em 02/05/2014

Pare de usar o Internet Explorer, recomenda governo dos EUA

Pare de usar o Internet Explorer, recomenda governo dos EUA

O departamento do governo americano responsável pela segurança na internet recomendou hoje que os usuários do Internet Explorer deixem de utilizar o navegador até que a vulnerabilidade anunciada no sábado seja consertada.

A brecha é grave e afeta todas as versões do software - 6, 7, 8, 9, 10 e 11. Por meio dela, é possível executar um código remotamente através do navegador. "A vulnerabilidade existe na forma como o Internet Explorer acessa um objeto na memória que foi excluído ou não tenha sido devidamente alocado", explica a MS.

Clique aqui e saiba mais.

Publicado em 23/04/2014

WhatsApp atinge a marca de meio bilhao de usuários pelo mundo

WhatsApp atinge a marca de meio bilhao de usuários pelo mundo

O WhatsApp é o app de mensagens mais popular no mundo – para confirmar, a empresa anunciou que atingiu a marca de 500 milhoes de usuários ativos em todo o planeta. Esse meio bilhao de pessoas compartilha cerca de 700 milhoes de fotos e 100 milhoes de vídeos a cada dia através do app. Alguns dos países onde ele apresenta maior crescimento sao Brasil, Índia, México e Rússia. 1 mês e meio depois da sua compra por Mark Zuckerberg, cerca de 50 milhoes de novos usuários foram registrados.

Leia mais em Blue Bus.

Publicado em 21/03/2014

Smartphone ultrapassa a TV e se torna a ‘primeira tela’

Smartphone ultrapassa a TV e se torna a ‘primeira tela’

Esqueça essa história de que os celulares e tablets são a ‘segunda tela’ de quem está assistindo TV. O público já rebaixou as televisões para a segunda divisão, dando mais atenção aos gadgets mobile do que à tela compartilhada na sala de casa.

De acordo com o estudo AdReaction, da Millward Brown, nos EUA as pessoas gastam em média 151 minutos diários nos seus smartphones, contra 147 minutos em frente à TVs. Na China, a situação é ainda mais drástica: são 170 minutos nas telinhas, contra apenas 89 na frente da televisão. No Brasil, os gadgets mobile também já fazem parte da ‘série A’ da nossa atenção.

OS BRASILEIROS PASSAM 149 MINUTOS POR DIA EM SEUS SMARTPHONES E EM MÉDIA 113 MINUTOS NA TV.

Os horários de uso da TV também têm picos definidos, enquanto o uso de celulares, tablets e até do laptop é bem mais estável.

A pesquisa, que entrevistou mais de 12 mil usuários entre 16 e 44 anos, em 30 países, também revela que apenas 35% das pessoas tem o costume de usar dois dispositivos ao mesmo tempo. Durante esse consumo simultâneo de duas telas, 62% dos entrevistados globais alegaram estar acompanhando coisas diferentes e não relacionadas, em um comportamento definido como ‘staking’, um empilhamento de atividades.

Em relação a anúncios, os usuários mobile globais estão bastante receptivos com vídeos curtos, de cerca de 5 ou 10 segundos. “Os vídeos mobile estão prontos para explodir”, reforça Joline McGoldrick, diretora de pesquisa da Millward Brown em entrevista ao AdAge.

Leia mais em B9.

Publicado em 12/03/2014

Recado da Secom: a Internet é o destino

Recado da Secom: a Internet é o destino

"Os resultados da pesquisa de Hábitos de Consumo de Mídia da Populaçao Brasileira, divulgados pela Secom semana passada (18.312 entrevistas com pessoas maiores de 16 anos entre outubro e novembro de 2013), mostram que entre as camadas mais ricas, escolarizadas e jovens do país, o consumo da Internet já está próximo ao da Televisao. Para a mídia impressa, a mensagem é clara: a sobrevivência só é possível se conseguir carregar a credibilidade de suas marcas para o formato digital. Em relaçao a TV e rádio, a questao nao é de sobrevivência, mas de crescimento: a pressao demográfica mostra que suas oportunidades de expansao estao cada vez mais atreladas a integraçao com a Web.

Embora consumida por 65% da populaçao todos os dias, a Televisao tende a se tornar o refúgio de uma populaçao pouco atraente para os anunciantes. Seu uso diário cresce com a idade (61% entre os jovens de 16 a 25, 73% entre os maiores de 65) e populaçao desocupada (70% entre os inativos e 73% entre os que possuem atividades domésticas, contra 63% dos que estao ocupados no comércio, indústria e serviços) e decresce com a escolaridade (67% entre quem tem até ensino médio, 56% entre quem possui ensino superior) e renda (66% entre quem ganha até 5 salários mínimos, 61% entre quem ganha mais de 5 salários mínimos)."

Leia mais em Blue Bus.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10